BARRARED_6TEXT

HB FILMES


A HB Filmes foi fundada na década de 70 por Hector Babenco (1946- 2016) para dar vazão às suas diversas atuações no campo audiovisual. A filmografia da HB Filmes e Babenco como Diretor, Roteirista e Produtor se misturam. Após a morte de Hector, sua filha Myra Babenco assumiu a direção da produtora.

MEMÓRIA HECTOR BABENCO


PROJETO DE RESTAURO E DIGITALIZAÇÃO DA OBRA CINEMATOGRÁFICA


HOME

HECTOR BABENCO


Diretor, roteirista e produtor de Cinema, Hector Babenco nasceu na Argentina em 1946, chegou ao Brasil em 1969, naturalizando-se brasileiro. Começou no cinema em 1973, como produtor executivo e codiretor, com Roberto Farias, em O Fabuloso Fittipaldi. Em 1975, dirigiu sua primeira ficção, O Rei da Noite. Alcançou uma das melhores bilheterias do cinema nacional brasileiro com Lúcio Flávio - O Passageiro da Agonia (1977). É autor do sucesso de público Pixote, a Lei do Mais Fraco (1981), melhor filme estrangeiro do ano de acordo com as associações de críticos de Los Angeles e de Nova York.

Sua primeira produção internacional foi O Beijo da Mulher-Aranha (1985), com quatro indicações ao Oscar, incluindo melhor diretor. William Hurt ganhou Oscar de melhor ator e o prêmio de interpretação masculina em Cannes pelo filme.

Dirigiu Jack Nicholson e Meryl Streep em Ironweed (1987) pelo qual foram indicados para o Oscar de melhor ator e melhor atriz.

Em 1990, fez Brincando nos Campos do Senhor, produzido por Saul Zaentz, com os atores Tom Berenger, Daryl Hannah, Aldann Quinn e Kathy Bates.

Filmou na Argentina Coração Iluminado (1998), inspirado em suas lembranças de adolescência. O filme foi selecionado para concorrer à Palma de Ouro no Festival de Cannes.

Em 2003, foi escolhido para a Seleção Oficial da Palma de Ouro, pelo Festival de Cannes com Carandiru, uma das maiores bilheterias do cinema nacional. Com histórias iniciadas no longa, criou em 2005 para televisão a série Carandiru – outras histórias.

Em 2007, dirigiu O Passado, um filme argentino-brasileiro, com o ator Gael Garcia Bernal como personagem principal.

Seu último longa-metragem é Meu Amigo Hindu e foi lançado nas salas de cinema em março de 2016. O filme conta com argumento, roteiro, direção e produção de Hector Babenco. O filme conta com o ator Willem Dafoe e a esposa de Hector, Barbara Paz, renomada atriz brasileira que dirigiu BABENCO - Alguém Tem Que Ouvir o Coração e Dizer: Parou, que ganhou o prêmio de melhor documentário em Veneza e foi a seleção oficial do Brasil para o Oscar de Melhor Filme Internacional em 2021.

FILMES

    NA MÍDIA

    02/08/2019

    GSHOW – Festival de Veneza 2019: documentário dirigido por Bárbara Paz será exibido na mostra

    GSHOW – 25/07/2019 https://gshow.globo.com/Famosos/noticia/festival-de-veneza-2019-documentario-dirigido-por-barbara-paz-sera-exibido-na-mostra.ghtml
    01/08/2019

    UOL – Veneza: Doc de Bárbara Paz sobre Babenco e filme de realidade virtual representam Brasil

    UOL – 25/07/2019 https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2019/07/25/veneza-doc-de-barbara-paz-sobre-babenco-e-filme-de-realidade-virtual-representam-brasil.htm

    CONTATO


    Myra Babenco
    Diretora Geral

    Juliana Sakae
    Produtora
    hbfilmes@hbfilmes.com.br

    Lucas Unti
    Assistente
    assistentehb@hbfilmes.com.br


    Rua Capitão Francisco Padilha, 69
    São Paulo - SP - BRASIL - CEP 01448-070
    #55 11 3052-2039